Centro Espírita Casas André Luiz Fundação Espírita André Luiz Mercatudo Blog dos Pacientes
Lojas  | Receba suas Newsletters  
Mercatudo
Sua doação faz toda a diferença! Ela nos ajuda a oferecer qualidade de vida para pessoas com deficiências.
Home | Histórico
Histórico

CASAS ANDRÉ LUIZ

O Centro Espírita Nosso Lar nasceu em 28 de janeiro de 1949, na rua Ezequiel Freire, 732, Santana. Casa onde morou o idealizador desta obra, João Castardelli que, aos 12 anos, já escrevia textos espiritualistas para o Círculo Esotérico da Comunhão do Pensamento.

João desencarnou jovem, vítima de séria doença que aos 18 anos não lhe permitia a saída de casa. Desta forma, a família intensificou os estudos da Doutrina Espírita, e João passou a dirigir os trabalhos e reuniões em seu lar. Mesmo após o seu desencarne, as reuniões continuaram, e a cada encontro o número de frequentadores crescia, o que levou Paulo Castardelli – pai de João – a oficializar os encontros, fundando o Centro. O sonho de João estava se concretizando.

No dia da cerimônia de inauguração, foi criado o primeiro estatuto da Instituição, cuja finalidade é promover a caridade espiritual e material, sem qualquer distinção de crença religiosa, nacionalidade, cor, sexo ou faixa etária.

Lembrando-se da orientação de João, o trabalho do Centro foi direcionado a cuidar de crianças órfãs mas uma mensagem espiritual mudou o curso dos trabalhos, enfatizando que deveríamos cuidar de crianças com deficiência intelectual. Resultado do trabalho assistencial do Centro, em 26 de janeiro de 1958 foi inaugurado a Casa da Criança André Luiz no bairro de Vila Galvão em Guarulhos, para a assistência de crianças com deficiência intelectual. Após quatro anos a personalidade jurídica da Entidade muda para Centro Espírita Nosso Lar Casas André Luiz. Para atender a enorme demanda por vagas foi construída a Casa II no bairro Picanço, também na cidade de Guarulhos, hoje denominada Unidade de Longa Permanência.


MERCATUDO CASAS ANDRÉ LUIZ

O Mercatudo teve início em meados do ano de 1955, mediante a necessidade de aumentar a arrecadação para a obra social do Centro Espírita Nosso Lar Casas André Luiz.

Os voluntários da época buscavam ajuda pedindo dinheiro e donativos em geral para a obra social. Foram momentos difíceis com humilhações, descrédito e indiferenças. Contudo, com muita determinação e renúncia, esses bravos cidadãos que hoje são parte integrante dessa história, foram à luta.

Um dos diversos grupos de voluntários, saíam aos sábados e domingos em busca de materiais sem serventia para os doadores, mas que pudessem ser reaproveitados. Era a “Campanha do Tudo Serve”. As primeiras coletas eram realizadas com a utilização de um caminhão emprestado.

O trabalho rapidamente ganhou vulto, recebíamos de tudo. Rapidamente houve a necessidade de um espaço maior para a armazenagem do material arrecadado. Nessa época um dos colaboradores emprestou então um terreno de sua propriedade na Rua Voluntários da Pátria – em Santana- SP.

Intuitivamente, os colaboradores preocupados com a forma de armazenagem das doações, iniciaram as primeiras triagens para um melhor aproveitamento dos materiais, caso contrário muita coisa começaria a se perder, até porque o espaço utilizado até então não possuía cobertura.

Diante dessas circunstâncias, Paulo Castardelli construiu um galpão atrás da primeira unidade das Casas André Luiz, localizado na Rua São Gabriel em Guarulhos. Esse local foi denominado de BARRACÃO das Casas André Luiz, inaugurado em meados de 1958 em um terreno de 10 x 50 metros, tendo como responsáveis o Sr. José Castardelli e o seu irmão Sr. Américo Castardelli.

O BARRACÃO passou a ser uma referência para muitas pessoas que vinham em busca de boas mercadorias, a preços baixos. A satisfação ao adquirir nossos produtos era não só pelo preço, mas antes, pela possibilidade de participar da realização de uma grandiosa obra que se desenharia ao longo do tempo.

Nessa época, decidiu-se pela criação de um novo nome para o BARRACÃO das Casas André Luiz. A primeira ideia foi a mudança de BARRACÃO para MERCADÃO, ideia essa, não aceita. Foi então que surgiu o nome MERCATUDO, local onde havia de tudo. Aceita por unanimidade, essa marca está consolidada ao Centro Espírita Nosso Lar Casas André Luiz.

Para mantermos as despesas de toda essa estrutura passamos a diversificar, comercializando itens como: antiguidades, móveis e eletrodomésticos seminovos, maquinário, etc, atraindo assim um novo segmento de clientes, sem com isso deixar de atender nosso público mais humilde. No mesmo local do MERCATUDO da Rua São Gabriel, foi reservado um espaço denominado Desmanche – que hoje é chamado de Saldão – para armazenar as doações sem recuperação, como veículos por exemplo. Com o passar do tempo esse espaço passou a comercializar outros materiais considerados “No Estado” como peças diversas de carro, eletroeletrônicos, informática, equipamentos industriais e etc; assim como materiais de construção, provindos de devoluções e reformas domésticas; entre outros.

Dentre o volume de doações, havia também muitas roupas e tecidos. Separam-se as roupas para uso dos pacientes e comercializa-se o excedente. Nascia nesse momento o Bazar 12, na rua Treze de Maio em Guarulhos. A origem do nome “Bazar 12” se deu pelo fato de que todo o dia doze do mês, realizava-se no local o Bazar Beneficente das Casas André Luiz.

Persistindo no trabalho, em 1974 inaugurava-se o segundo MERCATUDO no município de Osasco/SP. Em 1978, é a vez do terceiro MERCATUDO na região de São Miguel Paulista/SP. E assim, com muito trabalho, hoje o Mercatudo se tornou uma rede de bazares beneficente com 11 unidades.

Com 60 anos a partir da ideia do “Tudo Serve”, a palavra RECICLAR, sem a representatividade dos tempos atuais, fizeram com que o MERCATUDO das Casas André Luiz, fosse uma das pioneiras nesse segmento. 

© Casas André Luiz. Todos os direitos reservados
Complexo André Luiz